Início / Apoios e Oportunidades / Aicep disponibiliza ficha de mercado sobre a China

Aicep disponibiliza ficha de mercado sobre a China

A Aicep – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal acaba de disponibilizar a “Ficha de Mercado da China”, na qual faz uma análise da economia chinesa, das relações económicas Portugal-China e das condições legais de acesso ao mercado, apresentando também um conjunto de informações úteis para exportadores e investidores nacionais.

Salientam os analistas da Agência que a China regista o segundo maior produto interno bruto (PIB) mundial, em termos nominais, a seguir aos Estados Unidos da América e situa-se na primeira posição em número de habitantes. Segundo dados estimados pelo EIU – The Economist Intelligence Unit, em 2016, a população era de 1 366 milhões de pessoas, sendo o PIB per capita de 8.220 USD.

Embora se tenha verificado um certo abrandamento nestes últimos anos, a economia da China vinha registando taxas de crescimento consideráveis como resultado da reestruturação económica e da sua inserção no contexto internacional. No entanto, está a verificar-se uma mudança, em termos estruturais, na economia chinesa, passando de uma economia baseada na vertente industrial e nas exportações para uma situação em que o consumo interno e os serviços passam a ser importantes motores do seu crescimento económico.

O incremento do PIB foi de 6,7% em 2016 e registou-se um acréscimo do produto interno bruto de 6,9% no primeiro semestre de 2017 (face ao período homólogo do ano anterior), perspectivando-se, no entanto, que possa existir uma ligeira redução no ritmo de crescimento da actividade económica no segundo semestre do corrente ano, prevendo-se um incremento anual do PIB de 6,8%. O EIU perspectiva que possa ocorrer uma desaceleração do crescimento da economia da China em 2018, prevendo um acréscimo do PIB, em termos reais, de 5,8%. A China passou a ser, em 2009, o primeiro exportador e o segundo importador a nível mundial. Enquanto receptora de IDE (investimento directo do exterior), a China ocupou, em 2016, o terceiro lugar no respectivo ranking mundial, subindo, nesse ano, à segunda posição no ranking de mercados emissores de investimento directo no exterior.

Pode consultar o documento aqui.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Porto de Setúbal já exporta novo modelo da Volkswagen

O novo modelo da Volkswagen, o T-ROC, teve o seu primeiro embarque, a 16 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *