Início / Agricultura / AgriEmpreende e ecossistema académico e empresarial gerou 72 ideias de negócio

AgriEmpreende e ecossistema académico e empresarial gerou 72 ideias de negócio

A Escola Superior Agrária de Santarém recebeu a primeira sessão de geração de ideias de negócio do AgriEmpreende. Juntou alunos e professores daquela instituição académica, mas também empresas, municípios e entidades ligadas ao sector agro-alimentar. A iniciativa contou com 24 participantes e gerou 72 novas ideias de negócio.

Esta foi mais uma iniciativa do AgriEmpreende, um projecto que potencia a geração de novas ideias de negócio, a criação de novos produtos e a concretização de novas empresas da fileira agro-alimentar no Ribatejo e na região Centro.

O projecto AgriEmpreende é promovido pelo Agrocluster em parceria com o Inovcluster, financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização.

Necessidades, tendências, negócios

Estas sessões de geração de ideias de negócio, para além de fortalecerem e promoverem o espírito empreendedor, permitem trabalhar os desafios do sector agro-alimentar (necessidades, tendências, negócios…) no sentido de gerar novas ideias com potencial para a criação de novos negócios.

A sessão realizada na Escola Superior Agrária de Santarém contou com 24 participantes e revelou-se muito dinâmica, diz fonte institucional da Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém.

E acrescenta a mesma fonte que o encontro permitiu a formação de grupos de trabalho para a apresentação de novas ideias. No total foram geradas 72 novas ideias, as quais estão agora a ser trabalhadas pela equipa AgriEmpreende para a segunda sessão, onde serão apresentadas aos participantes, que irão detalhar e maturar as mesmas. Será realizada uma sessão sequencial no próximo dia 9 de Janeiro.

O projeto AgriEmpreende visa a criação e dinamização de uma estrutura técnica de apoio ao empreendedorismo que potencia a geração de ideias de negócio, a criação de novos produtos e novas empresas na fileira agroalimentar, especialmente ao nível do empreendedorismo qualificado e criativo.

Reforçar a competitividade das PME

Tem como objectivos gerais reforçar a competitividade das PME, a promoção do espírito empresarial, o empreendedorismo qualificado e criativo, a identificação de novas ideias de negócio a nível internacional, a criação de metodologias de Co-criação a implementar nas infraestruturas de incubação e o estímulo de novos processos de criação de negócios.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

O Vinho do Porto pode aprender com o champanhe a subir o preço médio das garrafas

O Barca Velha pode ajudar o Douro a tornar os seus vinhos mais caros, tal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.