Início / Agricultura / Agricultor ou homem do mar? Sabe em quem votar nas eleições europeias?

Agricultor ou homem do mar? Sabe em quem votar nas eleições europeias?

Eleições Europeias – 26 de Maio de 2019

O agriculturaemar.com compilou as propostas sobre agricultura e mar dos candidatos às eleições europeias de 26 de Maio.

Tratou-se de uma campanha em que muito pouco se falou de Europa. Uma campanha tratada como uma preparação para as próximas eleições legislativas, onde houve também lugar para as ofensas pessoais.

O agriculturaemar.com pediu ainda as propostas eleitorais ao PDR, ao Basta! e ao PNR, mas não as recebeu.

Esperamos poder ajudar os empresários do mundo rural e da economia do mar a escolherem o partido em que vão votar.

Votar é um dever. Por isso, escolha o seu partido e no próximo domingo não fique em casa.

Aqui ficam as propostas de cada um, por ordem no boletim de voto.

PAN quer um imposto europeu para gases com efeito de estufa na agropecuária intensiva, acabar com o financiamento do BEI a projectos de sistemas de regadios e grandes barragens e acabar com o transporte de longa distância de animais vivos.

PAN quer imposto europeu para agropecuária intensiva e acabar com apoios do BEI ao regadio

 

PS quer “reforçar a capacidade de resposta europeia às catástrofes naturais e ambientais, incluindo por via de um verdadeiro sistema europeu de protecção civil.

Europeias. PS quer valorizar as políticas de coesão, a Política Agrícola Comum e de Pescas

 

Aliança quer apostar num Programa Nacional de Regadios Privados

Europeias. Aliança diz ser uma obrigação executar a totalidade dos fundos da PAC

 

O objectivo do Nós, Cidadãos é “travar a perda de biodiversidade e acabar com a sobrepesca e a desflorestação”

Europeias. Nós, Cidadãos defende mais dinheiro da UE para reforma da política agrícola

 

Europeias. PSD recusa qualquer corte na PAC. Quer desenvolver o potencial das Regiões Ultra-periféricas e quer criar um centro de combate à poluição marinha nos Açores ou na Madeira.

Europeias. PSD “não se conforma com nem aceita os cortes na coesão e na PAC”

 

Para o BE “é urgente iniciar um processo democrático que permita a transformação dos sistemas de produção actuais por via da agroecologia”

Europeias. BE defende PAC “muito presente na luta contra as alterações climáticas”

 

 

Para a lista liderada por Ricardo Arroja, a Política Agrícola Comum “tem mantido artificialmente activos inúmeros negócios sem a mínima viabilidade económica, dando sinais errados a investidores”

 

 

Europeias. Iniciativa Liberal quer acabar com os apoios da Política Agrícola Comum

 

A lista às eleições europeias liderada por Nuno Melo defende o reforço das políticas de coesão e maior justiça na distribuição dos fundos da PAC. E quer mais investimento no regadio. No mar, diz ser essencial seguros para a economia azul.

Europeias. CDS quer criação de um Mecanismo Europeu de Protecção Civil sediado em Portugal

 

O Livre defende uma Primavera Europeia, na qual quer um apoio da União Europeia de 500 mil euros por ano na para uma economia verde e um “desvio da agropecuária intensiva em grande escala”, defendendo a agricultura ecológica e a permacultura.

Eleições: Livre quer 500 mil M€ por ano na economia verde e luta contra a agropecuária intensiva

 

O PCP quer a “defesa da instauração do princípio da preferência nacional relativamente a importações de países na UE e de outros países”.

Europeias: PCP quer fundos da UE controlados pelos trabalhadores e fim dos OGM

 

Os Verdes estão contra apoios comunitários ao eucalipto. Defendem alimentos livres de OGM e uma Política Agrícola Comum (PAC) que privilegie a agricultura familiar e biológica. E querem a restrição da utilização de fitossanitários. E querem acabar com todos os acordos internacionais de comércio.

Europeias: PEV contra apoios comunitários ao eucalipto e pela restrição aos pesticidas

Agricultura e Mar Actual

 

Verifique também

Captura de peixes marinhos cresce 14,4% em Julho. Pesca de cavala e carapau lidera

O volume de capturas de pescado em Portugal, em Julho de 2019, aumentou 14,4% (-4,2% …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.