Início / Agricultura / Adega José de Sousa apresenta programa para brindar ao Dia dos Namorados
Foto: Jerónimo Heitor de Sousa

Adega José de Sousa apresenta programa para brindar ao Dia dos Namorados

Partilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Adega José de Sousa, localizada em Reguengos de Monsaraz, criou um programa especial para celebrar o Dia dos Namorados. Entre os dias 1 e 29 de Fevereiro, com excepção dos domingos e segundas-feiras, todos os casais podem usufruir de uma visita guiada, seguida de uma prova de vinhos especial harmonizada com chocolates e a oferta de uma garrafa de vinho.

A visita guiada à Adega José de Sousa inclui a passagem pela vinha educacional, pela Adega Moderna e pela Adega dos Potes, onde estão conservadas 114 talhas de barro para a produção dos vinhos mais especiais da adega. Depois da visita, seguir-se-á a prova de dois vinhos, harmonizados com chocolates artesanais.

De oferta, os casais recebem uma garrafa de vinho tinto, com uma mensagem especial, para celebrarem e mais tarde recordarem esta experiência.

Programa Dia dos Namorados – Adega José de Sousa – Reguengos de Monsaraz

Disponível de 1 a 29 de Fevereiro (excepto domingos e segundas-feiras)
Sujeito a disponibilidade e com reserva antecipada
Válido para um mínimo de 2 pessoas
Preço por casal: 35€ (IVA incluído)
Contactos para reservas: josedesousa@jmfonseca.pt/ 918 269 569

A Adega

A Adega José de Sousa existe desde 1878 e foi adquirida pela José Maria da Fonseca em 1986, de forma a ser concretizado o antigo sonho de produzir vinho no Alentejo, numa propriedade carregada de prestígio e história.

Situada em Reguengos de Monsaraz, é ali que se mantém viva uma tradição iniciada pelos Romanos há mais de 2000 anos. A Adega José de Sousa possui 114 ânforas de barro, onde é realizado um método de fermentação ancestral e raríssimo.

Para além da adega tradicional, abaixo do nível do solo, com as ânforas e dois lagares para a pisa, possui também uma adega moderna, com 44 cubas de inox e toda a tecnologia indispensável para a vinificação de tintos e brancos.

Técnicas ancestrais

Na Adega José de Sousa ainda são utilizadas algumas técnicas ancestrais de vinificação, sendo a mais emblemática a utilização da talha na fermentação das uvas. O essencial da vinificação em talha pouco mudou em mais de dois mil anos. Neste processo, as uvas previamente esmagadas a pé são desengaçadas numa mesa de ripanço.

Depois, o mosto da uva, as películas e alguma parte do engaço são colocados dentro das talhas de barro, onde a fermentação ocorre espontaneamente.

O uso das talhas confere especiarias e uma terceira dimensão ao vinho. Posteriormente, no vinho caso do vinho branco é retirado e colocado numa nova talha e o tinto é retirado da ânfora e estagia parte em tonéis de castanho e parte em talhas. É um processo artesanal e natural, tanto quanto o vinho que dele resulta.

Do portefólio da Adega José de Sousa fazem parte os vinhos: Montado – branco e tinto; Ripanço; José de Sousa, José de Sousa Reserva, José de Sousa Mayor; J de José de Sousa; Puro Talha – branco e tinto.

A Adega José de Sousa possui ainda uma unidade de enoturismo, que se encontra aberta de terça-feira a sábado para visitas guiadas, provas de vinhos, vinhos e petiscos e ainda tem a possibilidade de receber grupos para almoço.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Verifique também

Nuno Russo: “a informação permitirá valorizar o que produzimos”

Partilhar            O secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Nuno Russo, participou, ontem, 26 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.