Início / Agricultura / Açores vai reforçar investimento nas infra-estruturas agrícolas em 2018

Açores vai reforçar investimento nas infra-estruturas agrícolas em 2018

O secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou hoje, 11 de Outubro, nas Velas, que o Governo dos Açores vai reforçar o valor do investimento em modernização das infraestruturas agrícolas em 2018, para continuar a criar melhores condições de trabalho para os agricultores e dar sustentabilidade ao sector.

“No próximo plano há um salto muito importante em termos de investimento. Vamos passar de um investimento de três milhões de euros em 2017 para 6,6 milhões de euros, ou seja, um crescimento superior a 100% em termos de dotação do orçamento regional”, afirmou João Ponte na apresentação do projecto de beneficiação do Caminho Rural Longitudinal Norte, em São Jorge, no âmbito da visita estatutária a esta ilha.

O titular da pasta da Agricultura frisou que os investimentos públicos em caminhos, abastecimento de água e electrificação das explorações em todas as ilhas são “muito importantes”, porque visam modernizar e preparar o sector para os desafios futuros.

João Ponte salientou, como exemplo, que, só nos últimos quatro anos, o Governo Regional investiu 47 milhões de euros em infra-estruturas, valor que demonstra bem “o empenho e a vontade do Executivo em dotar o sector agrícola de melhores condições”.

Acessibilidades

“No que se refere a acessibilidades foram investidos (nos últimos quatro anos) 42 milhões de euros, dos quais 3,3 milhões na ilha de São Jorge. É esse trabalho que é preciso continuar no futuro”, disse o secretário Regional, salientando a importância para a rentabilidade das explorações da existência de água disponível, electricidade e caminhos em condições.

Além da componente da receita, João Ponte considerou que actualmente e, cada vez mais, é preciso ter em conta a componente da despesa nas explorações para um resultado final positivo, algo que tem a ver com investimentos de modernização, quer no âmbito do PRORURAL+, feitos pelos agricultores, quer no âmbito das obras públicas, levadas a cabo pelo Governo Regional.

Relativamente à segunda fase das obras de beneficiação do Caminho Rural Longitudinal Norte, em São Jorge, João Ponte assegurou que vai avançar no primeiro semestre de 2018, representando um investimento de 355 mil euros.

A empreitada referente à primeira fase, num investimento de 411 mil euros, decorreu no final de 2015, tendo-se realizado trabalhos de pavimentação e melhorias na rede de drenagem numa extensão de 3.300 metros, o que corresponde a metade do caminho, beneficiando as acessibilidades a mais de duas dezenas de explorações agrícolas, numa área de 195 hectares de pastagem.

João Ponte adiantou ainda que, também no primeiro semestre de 2018, avança a intervenção no caminho agrícola Pau Pique, em São Jorge.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

APOGER diz que guia electrónica de acompanhamento de resíduos é “abusiva”

  A APOGER — Associação Portuguesa de Operadores de Gestão de Resíduos e Recicladores, opõe-se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *