Início / Agricultura / Açores anuncia plano para reforçar abastecimento de água às explorações agrícolas

Açores anuncia plano para reforçar abastecimento de água às explorações agrícolas

O secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou que o Governo dos Açores deu instruções à IROA para, em articulação com as associações de agricultores e de municípios da ilha do Pico, desenvolver uma avaliação sobre as necessidades de água para abastecimento das explorações agrícolas e implementar um plano de acção com investimentos para os próximos 10 anos para garantir o reforço do abastecimento às explorações agrícolas.

“Queremos, deste modo, garantir a contínua disponibilidade deste importante recurso para a agricultura”, afirmou João Ponte, salientando que o abastecimento de água à agricultura no Pico coloca-se ainda com maior pertinência, em muito devido às suas condições geológicas e orográficas.

João Ponte, que falava sexta-feira, 13 de Julho, nas Lajes do Pico, na abertura do II Encontro de Tradições Rurais, adiantou que este ano serão investidos cerca de 600 mil euros para melhor e reforçar o abastecimento de água à agricultura no Pico.

Obra do Furo do Cabeço Pequeno ainda em Julho

Nesse sentido, afirmou que, até ao final do mês, será consignada a obra do Furo do Cabeço Pequeno, em Agosto deverá ficar concluída a intervenção de limpeza e impermeabilização da Lagoa do Paul, permitindo reforçar a capacidade de armazenamento em mais 7.000 metros cúbicos, e está a decorrer a construção de dois reservatórios de água na freguesia da Prainha.

“O tempo que atravessamos é de esperança, de crescimento e de renovados desafios”, frisou o secretário Regional, acrescentando que os agricultores picarotos, “com o seu espírito empreendedor e resiliente, estão aptos e têm uma grande vontade em vencer esses desafios, para garantir a sustentabilidade da agricultura”.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Bivalves contaminados são perigosos. Antes de os apanhar consulte a página do IPMA

O IPMA — Instituto Português do Mar e da Atmosfera alerta: a ingestão de bivalves contaminados …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.