Início / Agricultura / 1.000 azinheiras cortadas ilegalmente na Herdade do Ramalho em Avis
Foto: plantarumaarvore.org

1.000 azinheiras cortadas ilegalmente na Herdade do Ramalho em Avis

Os serviços do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), na sequência da denúncia de operações de abate ilegal de cerca de mil azinheiras na Herdade do Ramalho, em Avis, deslocaram-se ao terreno, tendo constatado que “existiu, de facto, um corte de azinheiras/sobreiros sem a necessária autorização do ICNF, em área e número de árvores que está a ser contabilizada”.

Por outro lado, adianta um comunicado do Instituto, foram “detectadas mobilizações de solos, afectando o sistema radicular de azinheiras/sobreiros existentes, situação cujo levantamento integral está em curso”.

Coimas até 150 mil euros

A confirmarem-se os factos, será aplicado o quadro sancionatório previsto na legislação de protecção da azinheira/sobreiro, que inclui contra-ordenações puníveis com coimas cujo valor poderá atingir os 150 mil euros, embargo de trabalhos e reposição da situação anterior.

Agricultura e Mar Actual

loading...

Verifique também

Porto de Ponta Delgada com mais 40% de capacidade para movimento de contentores

O presidente do Governo Regional dos Açores garantiu hoje, 14 de Novembro, que o investimento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.